segunda-feira, 1 de março de 2010

Muitas pessoas me perguntam se há uma fórmula mágica, talvez uma poção que, se ingerida por determinada pessoa, a torne apaixonada e fiel. Claro que não exatamente nessa formatação, mas, mais ou menos isso mesmo.
Aí, fiquei pensando, sem parar, para poder chegar à uma resposta pelo menos razoável para essas indagações. Como todo conhecimento só pode advir com experiência e acúmulo de muito estudo e milhas e milhas de rodagem no assunto, lembrei-me de todas as frases que, durante minha vida toda, ouvi das pessoas mais queridas que já passaram por esse plano terrestre: me refiro, é claro, à minha mãezinha e à minha vovózinha.

Então, munido de muitas lembranças, reuni aqui um punhado de coisas bem simples, que se utilizadas no dia-a-dia, com boa vontade, carinho e dedicação, são "tiro e queda" para deixar seu amorzinho bem "facinho, facinho". Vamos às dicas:
Agarrar o homem pelo estômago

Sabe cozinhar? Nadica de nada? É bom saber que os homens são facilmente conquistáveis através de uma boa refeição. Desde os primórdios da humanidade, quando foi descoberto o fogo, os homens passaram (sem saber, é claro) a ser cativados por uma boa comida. Portanto, mãos à obra, descubra os pratos que ele mais aprecia e.... manda ver!

Help Desk: caso você seja uma verdadeira nulidade na cozinha, e já que não tem outro jeito, compre a refeição já devidamente preparada, ou peça à sua mãe, tia, vó, comadre, amiga, vizinha, que te ajudem a preparar a refeição perfeita.

Vinho: um fator extremamente importante é a escolha de um bom vinho que combine com a refeição que você (digamos assim) preparou. Refeições à base de carne vermelha, ou com molho vermelho, caem bem somente com vinhos tintos ou rosê. O mesmo se aplica às refeições com base em carnes brancas, onde os vinhos brancos caem maravilhosamente bem. Há excelentes vinhos nacionais que são vendidos a um preço justo.

Não esqueça da arrumação da mesa, isso é fundamental para dar aquele clima de restaurante só para dois. Pode ter certeza que as pessoas que sugeri acima têm vasta experiência na arrumação de uma boa mesa. Coloque seu toque pessoal nela, um pequeno arranjo de flores e dois castiçais são excelentes para a ocasião. No momento em que for servir os pratos, apague as luzes que incidem diretamente no local da refeição, e não esqueça de acender as velas, que devem ser inodoras (nada de cheirinhos), e que também se encontra com facilidade. Por favor, vela branca de devoção não serve!

Nota importante: chame o seu amado uma hora antes de servir a refeição. Dessa forma, você tem um tempo bem razoável para disfarçar na cozinha para fingir que foi você mesma a artista que fez aquela comida dos deuses.
Se você tiver um cd de música ambiente então... show de bola, coloca para rolar enquanto ele aguarda a refeição.
Você deve estar perguntando: e a sobremesa? Bom, depois de um jantarzinho romântico, à luz de velas, regado por um bom vinho, com música ambiente, com conversinhas ao pé do ouvido... você deveria ter imaginado que a sobremesa é você, amiga!

Posted by Aurelio Martuscelli Neto on 14:12  2 comments »

2 comentários:

Nanda disse...

Hmm, gostei da parte de omitir que o jantar foi comprado. rsrs E da sobremesa, também, é claro!

Paola disse...

Nem precisa pedir pra alguém cozinhar! É só recorrer ao São Google! Na internet, existem vários sites especializados em culinária, com receitas mto saborosas e práticas! Vai por mim...

Marque o Namoro

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Pesquise aqui