Ejaculação precoce

Ejaculação precoce – tem tratamento? Nessa postagem, destacamos duas maneiras de como tratar do assunto com profissionais que, dentro de suas áreas de conhecimento, conseguiram êxitos importantes em diversos pacientes/clientes. As causas e possíveis tratamentos estão disponíveis nesse excelente artigo do psicólogo Cassio Reis, e também um efetivo tratamento, recordista de vendas, que poderá fazer a diferença! Espero que você assista ao vídeo e leia o texto com atenção, pode ser muito útil!

Algumas coisas da vida podemos descartar, não dar lá muita importância. Porém, para outras coisas, como o comportamento orgânico, o bem estar físico e mental, a qualidade de vida e o prazer de viver, sem dúvida temos que correr atrás das soluções. Aqui, sugerimos algumas, você encontrará mais em comentários e respostas.

Há alternativas, como você poderá assistir no vídeo abaixo, que podem deixar sua vida sexual do jeito que elas gostam, preste atenção e, se tiver interesse, clique no link abaixo do vídeo!


 


Conheça o Ejaculando com Controle: Básico e Avançado from Ejaculando com Controle
“Hoje nos deparamos com uma anomalia sexual cada vez mais presente na vida sexual dos homens. A queixa de ejaculação precoce cresce a cada dia nos consultórios.
Uma ocorrência freqüente entre os jovens iniciantes da vida sexual, ( pelo excesso de ansiedade, pela inexperiência e novidade ) , começa a ganhar cada vez mais freqüência na vida sexual de homens já experientes e maduros.

O que vem a ser a ejaculação precoce afinal? A ejaculação precoce nada mais é do que o homem depois de excitado ejacular rápido demais. Alguns homens, chegam a ejacular em 2 minutos.
A mulher normalmente foi tida como responsável por uma não perfeita sintonia sexual com o homem, em função de suas dificuldades sexuais, tais como frigidez, e falta de desejo ou ainda a dificuldade de alcançar o orgasmo, começam a cobrar dos homens uma maior atenção no que hoje se considera um fator essencial para uma boa, saudável e bem sucedida relação sexual.

As preliminares sexuais e o controle da ansiedade, são tidas como fatores preponderantes para a preparação sexual, por outro lado o não controle da ansiedade acaba se transformando no inimigo número um do descontrole ejaculatório masculino, trazendo como conseqüência a dita ejaculação precoce. Limitando assim tanto o prazer masculino frente a um melhor aproveitamento do contexto sexual, quanto a frustração da mulher frente a imediata cessação do interesse sexual do homem que perdendo a ereção, perde também o desejo da continuidade.

Para a mulher, normalmente o relacionamento sexual vem carregado de afeto e sua realização pode ser apenas um item no envolvimento afetivo, mas busca também ela no momento em que se sente desejada e amada a entrega total com a plena realização sexual e conseqüente prazer orgástico. Na medida que o homem não consegue dar continuidade ao excitamento, boicotado pela ejaculação precoce, o envolvimento afetivo tende a ser afetado pela constante frustração decorrente da não conclusão sexual plena, com tempo do seu devido excitamento com a possibilidade de que o prazer da mulher possa se concluir. Tornando a ejaculação precoce, um tormento tanto para o homem quanto para a companheira.

O que fazer? Buscar ajuda sempre.

As mudanças de comportamento, o melhor conhecimento das possibilidades sexuais das mulheres, tornou a busca pela realização sexual um parâmetro a ser alcançado e desejado pelas mulheres com mais objetividade e a certeza da necessidade de sua realização sexual.
Tornaram-se assim, conscientes de que sua plenitude sexual, também dependeria da competência sexual do parceiro e do controle de sua ejaculação.

As relações sexuais mal sucedidas passam a um novo critério de avaliação em que o fato de o homem se mostrar inseguros e extremamente ansiosos, acabam ejaculando tão rápido que mal conseguem iniciar de fato a relação sexual e conseqüente penetração, frustrando qualquer possibilidade de excitamento da mulher, inibindo seu excitamento e conseqüente possibilidade de alcançar o desejado orgasmo. Ao homem cabe valorizar mais o relacionamento, as carícias e não se precipitar, pois a ansiedade é tida como a grande responsável pela dificuldade de controle da ereção com conseqüente ejaculação, que por sinal, nem sempre quer dizer orgasmo.

Normalmente o orgasmo masculino vem junto com a ejaculação como uma descarga energética e explosiva, mas o controle, a espera e conseqüente prazer tornam-se mais intensos na medida que o relacionamento sexual se dê de forma tranqüila e coordenada, diminuindo as possibilidades de um desempenho precipitado e frustante. A persistir a ejaculação precoce, não tenha dúvida em procurar ajuda, hoje possíveis nos processos de terapia sexual, com excelentes resultados.

A relação sexual é uma parceria em que o cuidado e a atenção com o outro passam a ser fundamentais para o sucesso do envolvimento sexual. A rapidez da ejaculação não traz nenhum benefício ao relacionamento sexual muito pelo contrário, acaba tornando o relacionamento sexual desinteressante, quando não motivo de desentendimento, frustração e separação de muitos casais. Se não for tratada a continuidade da ejaculação precoce, pode levar a mulher ao desinteresse pelo sexo, e o homem pode transitar pela impotência com a frustração do desejo.

Lembrar ainda que a depressão e o estresse da vida moderna podem ser desencadeantes da dificuldade em controlar a ejaculação.
Um motivo a mais para que afetados pelo problema, os homens não tenham vergonha nem receio de procurar ajuda. Nas dificuldades sexuais, as mulheres são mais prontas em buscar ajuda, são mais corajosas frente ao problema que estão sentindo. Infelizmente isso, nem sempre acontece com os homens protegidos por preconceitos que os tem como sexualmente bem resolvidos, criam muita dificuldade frente a uma problemática sexual.

Buscar ajuda, além de necessária e inteligente, torna possível a solução definitiva das próprias dificuldades, com relação ao desempenho sexual.
A busca de ajuda pode trazer como resultado a solução dos reais problemas responsáveis pela dificuldade de desempenho, resgatando a auto-estima, quando não, o relacionamento afetivo e sexual.”
Cássio dos Reis
http://www.cassiodosreis.psc.br/
Fone: 11- 3051.7325
Espero que este texto possa ajudá-los a reencontrar o caminho da normalidade e do prazer.
Até a próxima

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: