MEU NAMORADO ME TRAI?


Estou sendo traída, ou estou exagerando? Para saber essas respostas sugiro a você que leia esse artigo com atenção. Boa leitura!

Sinto que estou sendo traída. As atitudes do meu companheiro não são as mesmas há algum tempo. Ele já não me trata com aquele carinho ao qual eu estava tão acostumada, e como gostava disso… Além disso, ele sempre inventa algum motivo para chegar mais tarde em casa. Será que estou sendo, de fato, traída, ou é coisa que coloquei em minha cabeça?

Olá queridos leitores!

O depoimento acima nos leva a alguns raciocínios possíveis. Um deles é o conjunto de fatores que demonstram as mudanças ocorridas nele. Outra possibilidade é de que ela, só tenha notado essas mudanças recentemente, quando, na verdade, elas já estavam ocorrendo naturalmente há mais tempo, durante esse relacionamento em questão. Vamos analisar pelo ponto de vista de um expectador distante e imparcial: é muito difícil afirmar, categoricamente, que este é um caso de traição. Por quê? Durante um relacionamento razoavelmente longo (de três a sete anos, aproximadamente), ocorrem mudanças entre as pessoas que convivem sob o mesmo teto, o tal do dia-a-dia, a rotina.

Há todo um desgaste normal de relacionamentos normais, aquela paixão tão avassaladora e agradabilíssima, tende a se “esfriar” com o passar do tempo. Tanto ela, como ele, não são mais aqueles namorados perfeitos, as diferenças vão aparecendo, além, é claro, da proximidade constante, coisa que não acontecia antes de viverem na mesma casa. Não podemos deixar de lado, também, a profissão de cada um, o tempo disponível para dois!

Imaginem, então, se ela, por exemplo, não trabalha, e fica o dia inteiro tentando se ocupar com alguma coisa interessante, além do trabalho doméstico? Esse “pequeno detalhe” é fundamental para desenvolvermos o assunto em questão: já pensaram em ficar o dia inteiro a espera de alguém, e quando essa pessoa chega, normalmente cansada e sobrecarregada por um dia árduo de trabalho, esperar demonstrações efusivas de afeto e amor, como um beijo ardente e abraços que entrelaçam seus corpos como se ambos não se vissem há muito tempo?

Vejam bem, eu não estou aqui defendendo a indiferença, ou mesmo a docilidade de um para com o outro. Afinal, se há amor, há também a compreensão mútua. Dá para perceber quando o ente querido está cansado, assim também como dá para perceber uma dissimulação, um falso cansaço, como se fosse uma desculpa antecipada pela falta de interesse pela companheira. É por aí o caminho das conclusões. Se a paixão foi embora, tudo bem, pois ficou a parte mais importante: o amor, que compreende afeto, carinho, preocupação, atenção, desapego, cumplicidade e companheirismo, entre tantas outras coisas físicas e espirituais.

Quem ama de fato, numa situação dessa, “abre o jogo” com a(o) companheira(o), “joga limpo”, coloca todos os seus sentimentos para fora. Isso vale tanto para ela, que se acha traída, quanto para ele que está pretensamente traindo. Costumo dizer que “quem ama não trai”, posso estar redondamente errado, mas acho que o amor supera as barreiras da traição carnal. Claro que há casos e casos, mas entendendo que o amor seja, antes de tudo, um sentimento, portanto, algo imaterial, intocável, daí as razões para que se acredite que há casos de traição piores que o simplesmente carnal.

Trair o amor é não amar! No amor não cabe a mentira, a falsidade, os maus tratos, o desprezo. Portanto, se você, mesmo depois de uma conversa franca e aberta com o seu companheiro, continuar recebendo por parte dele o mesmo tratamento anterior (ausência, desprezo, etc.), só lhe é possível, por enquanto, escolher ficar só! Mas, como já disse um(a) grande sábio(a): “podemos continuar amando indefinidamente uma pessoa, não porque ela mereça nosso amor, mas porque fazemos de conta que não há nada de errado, e tentar mais uma vez”!

texto: Aurélio Martuscelli Neto – permitida a reprodução deste texto desde que citados o autor e a fonte: www.timideztofora.blogspot.com

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

12 thoughts on “MEU NAMORADO ME TRAI?

  • 24 de setembro de 2010 em 00:00
    Permalink

    Olá Maisa!

    Muitas coisas, por exemplo: mensagens no celular, emails, e demais “notificações” podem estar vindo de fonte não confiável, ou seja: essa pessoa está afim de arruinar seu relacionamento. Seja por inveja, seja porque quer seu namorado para si, ou apenas para te atrapalhar.

    Quando o relacionamento está muito tumultuado, o grande negócio é abrir o jogo, num diálogo franco, sem agressividade.

    Procure seu namorado e fale tudo o que está sentindo, as coisas que você recebe, enfim explique-lhe os seus sentimentos. Depois, deixe ele dizer o que sente.

    Às vezes é o momento de parar, noutras… de fazer os ajustes necessários para um relacionamento mais franco, leal e companheiro.

    Bjús

    Resposta
  • 23 de setembro de 2010 em 17:40
    Permalink

    Boa tarde,

    Estou passando pela mesma situação, namoro ha 03 anos. Não estamos mais com a mesma chama de paixão, agente se esforça pra se entender, ontem mesmo ele me avisou que ia sair com amigos, eu precisei falar com ele liguei várias vezes ele não atendeu as minhas ligações. Há algum tempo descobrir que ele esteve com outra pessoa e ficam me mandando msg no cell algumas vezes falando que eles continuam se encontrando.

    Resposta
  • 10 de maio de 2010 em 02:08
    Permalink

    Olá !
    Eu namoro a quase 5 meses , o meu namorado e lindo , varias garotas da em cima dele ate ele estando ao meu lado . mais quando elas olham ele sempre beija a minha mao e finge que não viu , ou entao passa reto e não olha nos tivemos uma filha mais perdi , depois disso as coisas continuaram boas ele me trata muito bem , não tenho do que reclamar , só que de uns tempos pra cá ele anda fumando cigarro e bebendo as vezes é não é dos nossos costumes , então ele diz sempre que e problemas dele por falta de trabalho , e toda vez que ele vai pra casa da avo dele ele volta assim , e sinto que ele me trai pq quando eu pergunto algo ele fica querendo sorrir como se tivesse feito , mais ele diz que me ama , que esta comigo porque que que eu seja a mulher dele é ele me considera como a mulher dele , agente sempre se ve mais ele nao e de curti festa nen de anda muito na rua ele tem 23 anos e ja tem uma filha nao comigo mais com a ex dele a 6 anos atrás .
    Será que isso e coisa da minha cabeça? As vezes penso que deve ter alguem dando em cima dele . Não sei oque eu faço ; ajude-me beijos ;*

    Resposta

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: