Categorias: Sem categoria

6 Top situações para broxar qualquer homem


Afim de que tudo esteja “encima”, principalmente com seu melhor amigo (seu pênis, é claro), vamos aqui elencar os Top fatores que levam à impotência masculina. E isso, meu amigo, não tem mastercard que pague. Pequena definição de ereção e impotência sexual masculina:


O pênis é composto por um corpo cavernoso onde, em determinadas situações, ocorre a irrigação sanguínea que, retida dentro do membro através de compressão, faz com que o pênis fique ereto. Normalmente, o homem tem ereções quando é estimulado, seja visualmente, seja através do contato físico. Pode ocorrer também quando a pessoa está dormindo, o famoso sonho mela cueca.


Quando o sangue é impedido de circular dentro das ligações cavernosas, ou principalmente, segundo os especialistas, quando o homem tem problemas associados ao fator emocional, psicológico, a impotência pode ser sua companheira até que procure um tratamento especializado. Por isso, fique atento a esses tópicos abaixo, em ordem decrescente de importância:


Top 6 – Fumar


Fumar, além de propiciar ao fumante inúmeros malefícios à sua saúde, tais quais: câncer de pulmão, e demais partes do corpo, fadiga, cansaço, problemas cardíacos, dentre os quais enfarte, pode lhe render um presentão inesquecível: Brochar na hora do vamos ver.
O pênis deixa de receber o sangue, devido ao entupimento de artérias que bombam o sangue até esse local, e isso é provocado pelas centenas de produtos contidos no tabaco. Resultado =====> 6 e meia, broxa mesmo, e você não vai bombar nenhuma!


Top 5 – Bebida Alcoólica


No começo é uma maravilha, bebe-se feito um louco, é só alegria. Muitas vezes nem se lembram da transa, muito menos com quem se transou, mas é tudo festa, e o organismo está “podendo”, até que… Os anos passam, aquele hábito de beber um pouco acima da conta nos finais de semana transforma-se em dependência. Aquele fígado zerinho bala já está castigado, a saúde capenga, e o seu pênis… bem, já sabemos o final da história: Broxa!


Top 4 – Sedentarismo


Que beleza passar os dias coçando o saco, sem nada para fazer, só teclando com umas gatinhas por aqui e por ali. Twitter, Facebook, Orkut, MSN, Skype, etc. E as Twitcams, com as gatinhas peladinhas, ou fazendo streap, e de graça… uma delícia. Depois, de uma “aliviada”, é só armar um plano para abater a lebre do Twitter, certo? Errado! É preciso caminhar, fazer alongamentos, exercitar seu corpo, para que esse aguente os trancos do dia a dia, e naqueles momentos especiais nos quais a presença de seu melhor amigo, “seu pênis disposto” (ereto), torna-se indispensável.


Provavelmente, daqui a pouco tempo, você estará com falta de ar, sentirá cansaço somente de pensar em ir à padaria, ao cinema, ou mesmo para sair com a gatinha. Imagine só ter que fazer aquele montão de exercícios que ocorrem numa transa legal? Cansa, não é? Então, sua barriga será sua amante, afinal você está cuidando muito bem de seu corpo, por isso essa companhia “tão bonitinha “.


Top 3 – Drogas em geral


Aqui, supõe-se drogas no sentido amplo da palavra: medicamentos, drogas ilícitas, como a maconha, a cocaína, a heroína, o crack, comprimidos de ecstasy, anfetaminas, energéticos à base de hormônios, bombas de academisas (sabe-se lá o que têm em seu conteúdo) etc.
Há muitos casos relatados e estudados de impotência sexual em usuários dessas drogas, portanto, se você não quer ser mais um para essas tristes estatísticas, caia fora delas enquanto é tempo.


Top 2 – Falta de grana


Amigo, não há nada mais broxante do que ficar sem dinheiro. Parece que nada tem tesão e, com razão, o humor e a autoestima estão lá embaixo e, provavelmente, seu pênis estará na mesma posição geográfica…. olhando para seus pés.
E isso, porqu você não é comprometido. Imagine se você estivesse com uma companheira que não esteja nem aí para seus problemas? Já sabe: a possibilidade de você levar um pé na bunda é bem grande, além do pior, ter de usar uma peruca de touro. Ah! Isso não!!!


Top 1 – Tentativa(s) frustrada(s)


Essa é uma das campeãs de ocorrências dentre os fatores pesquisados. O cara foi transar com a gata, mas na hora H o “parceiro”, sue pênis negou fogo, ficando caidaço. Tudo bem, o tempo passou, outra oportunidade aparece, ele se prepara, sai com a garota e, num motelzinho da hora começa com as preliminares. Chegada a hora de mostrar serviço e… vem aquela lembrança da falha anterior e fica martelando suas cabeças (proposital, sacou?). A cabeça de cima apaga o fogo da cabeça de baixo. Resumo: Fail total, não existe coisa mais broxante do que uma mente preparada para apavorá-lo a qualquer momento.


É claro que a combinação de um com mais fatores é fator de risco aumentado e duplicado. Por isso é imprescindível ficar atento às dicas acima e, ao primeiro sinal de perigo, visitar um especialista no assunto, nesse caso: urologista.
Abraços e “tudo em cima”

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

Essa postagem foi modificada em: 14 de janeiro de 2015 14:49

Share
Leave a Comment
Publicado por
Aurelio

Recent Posts

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas - você é do tipo ciumenta(o), chegando…

28 de julho de 2019

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas - bem, ele te falou, ou…

19 de fevereiro de 2019

Namorar com homem casado prós e contras e mais dicas

Namorar com homem casado prós e contras - muitas mulheres começam um relacionamento com homens…

27 de junho de 2018

Viver com homem dominador ou ter sua liberdade

[kkstarratings]Viver com homem dominador ou ter sua liberdade - não consegue mais conviver com seu…

27 de fevereiro de 2018

Meu namorado não me dá atenção dicas

Meu namorado não me dá atenção dicas - porque meu namorado me ignora, será que…

1 de agosto de 2017

Sofro bullying na escola o que fazer

Sofro bullying na escola o que fazer - garotas e rapazes pode ser alvos de…

22 de junho de 2017

This website uses cookies.

Read More