Eu sou a Outra – dicas de como lidar com essa situação

Eu sou a Outra – dicas de como lidar com essa situação – Eu já sabia que ele tinha um relacionamento sério, mas acabei me deixando envolver por ele. No começo, eram encontros às escondidas, longe de possíveis amigos de ambos, para não dar bandeira. Agora, eu já não me contento somente em ser a outra, eu quero mais: ele somente para mim. Como lidar com essa situação?

Eu sou a Outra - dicas de como lidar com essa situação
Eu sou a Outra – dicas de como lidar com essa situação

Uma coisa tem que ficar bem clara: isso não depende somente de você, há o fator principal, que deve ter peso fundamental nessa decisão, o quanto ele estaria disposto a fazer essa escolha, o quanto ele está disposto a arriscar!

Essa decisão não é fácil de ser tomada por ninguém. Por isso, desconfie se, prontamente, ele falar a você que via dispensar a namorada ou esposa, para ficar somente com você.

Na maioria das vezes, ambas: você e a “titular”, vamos assim dizer, serão enganadas.

Eu sou a outra – estude as possibilidades, sem demonstrar pressa! Quanto mais ele tiver certeza de que você é totalmente dele… o ponto de conforto tomará as decisões por si só.

Há, ainda, a possibilidade de que ele esteja realmente dividido, por isso deixar rolar mais tempo poderá ser a melhor solução. Nesse caso, o diálogo franco, sem apelar para chantagens emocionais, é a melhor opção, como que se estabelecendo um determinado prazo, para que ele se decida.

Caso você tenha entrado nessa barca sem o conhecimento de que ele era comprometido… bem, o problema é se perguntar se vale a pena ficar com alguém dividido – isso, se ele é um cara honesto -, ou estar ligada a um cafajeste, que fez isso mais de uma vez… e vai continuar fazendo!

O melhor conselho, quando você é a outra na história: não espere resultados imediatos. Ser paciente, na medida certa, é ter bom senso. Use suas armas mais potentes para tentar trazê-lo para o seu lado, sem apelações, evidentemente, sem dramas mexicanos, choradeiras, etc. É preferível recusar fazer sexo, por exemplo, o que, aliás, é uma excelente opção para saber se ele está com você somente por isso.

Seja clara, quando o assunto é futuro, mas sem cobranças imediatas. Cobre, na medida que perceber que ele está somente ganhando tempo. E, por fim, quando perceber que a exclusividade vai ser muito difícil, dê um adeus, ponha um ponto final na relação. Dói, mas vai doer mais à medida que o tempo passa!

Boa sorte no amor e na vida 😉

bjús

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: