Categorias: relacionamentos

brincar com os sentimentos dos outros

Advertisement

brincar com os sentimentos dos outros – muitas vezes, sem que se dê conta, a gente pode estar brincando com o sentimento alheio e, com isso, ferindo as pessoas, ou alguém em especial. Uma coisa que pode passar despercebida, mas que pode causar estragos numa amizade, por exemplo, neste caso quando a pessoa afetada gosta muito mais de você, do que você dela.

Isso acontece muito, quando se está namorando, mas não morre de amores pelo namorado(a). Assim, o tempo vai passando, e vai se empurrando com a barriga um relacionamento que, para você,  nunca vai dar certo. Ao contrário, somente trará dissabores mais à frente.

Advertisement
brincar com o sentimento dos outros

Supondo que você esteja namorando com um homem, somente porque estava sozinha, mas não sente por ele aquela paixão, ou desejo, ao menos… Esse é o modelo clássico do brincar com o sentimento dos outros. Me pergunta porquê? Porque, amiga, ou amigo, você está deixando ele ou ela acreditar que está tudo as mil maravilhas, quando na verdade, você não está nem aí para o namoro, nem se preocupa se ele ou ela vir no encontro.

Como, sabemos, a vida dá muitas voltas, quem sabe um dia você não fique, de fato, apaixonada(o) por ele(a) de verdade, mas ele a desprezar, ou fazer de conta, como você fez, de que está tudo bem, com aquela cara de paisagem. Existe a hipótese, também, de que essa mesma atitude que você usou (ou usa) seja utilizada por outra pessoa e, desta vez, quem sofra as maiores decepções seja você mesma(o).

Sentimento é coisa séria, por isso deve ser tratado com o devido respeito e consideração, não importa se é com amigo, parente, estranho, ficante, namorado, amante, etc. A melhor atitude a ser tomada, quando você está num relacionamento, por exemplo, que já não te dá mais prazer, não te faz mais feliz, a melhor coisa a ser feita é a chamada para um papo definitivo, colocando um ponto final do namoro ou amizade. Sempre, com generosidade e sinceridade. Não precisa agredir com as palavras, embora possam soar duras para a pessoa que as estão ouvindo.

Quanto mais tempo se leva para tomar essa decisão, mais corda estará dando para a pessoa crer que você está no mesmo clima. Quanto mais se demora para dizer acabou… mais a pessoa fica iludida, se acostuma com sua presença, com seu corpo, com seu cheiro, com sua presença, enfim.

E assim, também acontece em outros tipos de relacionamentos: quando não tiver clima, termine, ou se afaste, quando se tratar de amizades ou familiares (quando possível). Se levarmos em consideração aquele ditado: aqui se faz, aqui se paga… o negócio engrossa. Por isso, e por você ter chegado até o fim dessa postagem, o melhor caminho é a solidariedade, quando o amor, o tesão, o desejo, a companhia, enfim, não te faz bem algum.

Bjús e até a próxima! Ah! Visite nosso fórum, em fase de testes, através do menu, no topo dessa página e, é claro, curta a nossa página no Face, no link abaixo e participe de nossas atividades e bate-papos, tira dúvidas e algo mais.
NAMORO NA BOA NO FACEBOOK

Essa postagem foi modificada em: 5 de março de 2015 15:32

Share
deixe sua opinião
Publicado por
Aurelio

Recent Posts

Como virar o jogo e fazer seu homem ficar apaixonado

Como virar o jogo e fazer seu homem ficar apaixonado - ele está diferente, te…

7 de julho de 2020

Sou casada e me apaixonei por outro o que faço

Sou casada e me apaixonei por outro o que faço - se a vida com…

3 de julho de 2020

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas - você é do tipo ciumenta(o), chegando…

28 de julho de 2019

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas - bem, ele te falou, ou…

19 de fevereiro de 2019

Namorar com homem casado prós e contras e mais dicas

Namorar com homem casado prós e contras - muitas mulheres começam um relacionamento com homens…

27 de junho de 2018

Viver com homem dominador ou ter sua liberdade

[kkstarratings]Viver com homem dominador ou ter sua liberdade - não consegue mais conviver com seu…

27 de fevereiro de 2018

This website uses cookies.

Leia Mais