Antes de casar ou juntar faça o test drive

Antes de casar ou juntar faça o test drive
4.4 (88.89%) 27 vote[s]

Antes de casar ou juntar faça o test drive – As dicas, a seguir, são importantíssimas para você tomar sua decisão: casar ou juntar, ou ficar apenas no namoro. Na verdade, tudo corre às mil maravilhas antes da convivência numa casa, apartamento, o viver a dois sob quatro paredes.

Depois… bem, não é bem assim, como diria um grande amigo meu. As coisas, depois de um certo tempo, tendem a deteriorar-se, principalmente quando o amor é testado de verdade. E, quando estamos nos referindo a amor, leia-se companheirismo, que é a única e melhor defesa de um casal frente aos problemas do cotidiano.

Antes de casar ou juntar faça o test drive
Antes de casar ou juntar faça o test drive

Como fazer o test drive?

É bom ir se acostumando a viver com alguém que vai ser seu companheiro, ou sua companheira, e a melhor maneira de fazer isso é o famoso test drive: testar antes de assumir um compromisso maior. Se vocês tiverem uma graninha, melhor ainda. Aluguem um pequeno apartamento, ou casa, e levem o mínimo de móveis e utensílios para lá. Lembre-se: é apenas um teste.

Porque levar pouca coisa? Porque, em fase de testes, não adianta querer montar sua casa ou apê, por isso quanto menos objetos forem levados à moradia de teste, quanto menor será o trabalho de levar de volta. Muitos casais começam pelo planejamento da casa, dos móveis, dos eletrodomésticos e até pela decoração do ambiente, desconsiderando a possibilidade “bem possível” de que o relacionamento não dure o tanto desejado. Resultado disso: transtorno e brigas, seja por causa de um objeto, de um eletrodoméstico, seja mesmo até do imóvel.

Por isso tudo, leve o mínimo, o essencial e indispensável para sua “temporada de teste”.

O que pode acontecer de errado, para que o relacionamento desande qual bolo em forno frio?

Uma das coisas mais comuns é a incompatibilidade da convivência em 4 paredes, como costuma-se dizer. Em outras palavras, a pessoa está tão acostumada com sua liberdade de movimentos, que começa a se sentir sufocada, devido a presença de outra, no mesmo espaço (pior: um estranho espaço!). Nesse item, encontram-se pessoas que nunca tiveram nenhuma experiência de partilha de espaço e, é compreensível, que venham a sentir muito mais a falta de espaço e privacidade, ora dividida com o companheiro ou companheira.

Outro fator de peso: falta de grana! Ah! isso é fundamental para começarem as desavenças e as trocas de farpas, cada qual defendendo sua posição, fortalecendo ainda mais a discórdia, a perda imediata do tesão, a apatia e descrença crescentes. Por isso, mais que desejável seria casar-se ou juntar-se com pelo menos uma garantia financeira, que pode ser de bons empregos ou de uma renda já devidamente guardada para investimentos e imprevistos.

Afora esses dois fatores existem, ainda, diversos outros, mas que podem ser superados com uma boa conversa, cada qual cedendo um pouquinho ou exigindo menos do outro. Por isso, a palavra de ordem é: companheirismo antes de tudo.

Com amizade e companheirismo de verdade, a tendência de um relacionamento dar  certo é muito, mas muito maior que sem esse quesito em particular. Pessoas que se casam simplesmente por paixão, tesão (sim, porque é fácil misturar paixão e desejo, com amor) e deixam de lado outros atributos essenciais, como a amizade, a franqueza, a confiança recíproca, o companheirismo, correrão sempre o risco da incerteza.

Separações são difíceis e tristes, divórcios então… contrangedores e caros!

Então, o melhor teste drive seria o da amizade e o companheirismo, antes, durante e depois, pense nisso e boa sorte na escolha!

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: