depressão após separação

depressão após separação
Gostou? Dê sua nota

depressão após separação – estou deprimida porque ele foi embora, me largou. Minha vida virou de cabeça para baixo, porque sem ele eu não consigo viver! A vontade de começar tudo de novo nem passa pela minha cabeça, eu quero é que ele volte imediatamente, assim voltarei a ser feliz!

Será? Infelizmente, nem sempre aquilo ou alguém que queremos podemos ter, isso é fato consumado. Nada parece eterno, mesmo em se tratando de amor. As coisas vão, acontecem e pronto! Não é sua culpa e, provavelmente, culpa dele ou de ninguém mais. Simplesmente, para ele, acabou!

depressão após separação
depressão após separação

É chegado o momento da aceitação, a fase mais difícil, mas a que leva à libertação dos sofrimentos, da solidão e da depressão. Aceitar o fato de que aquela pessoa não estará mais ao seu lado é de fundamental importância para seu bem-estar e até o dele. Ficar choramingando pelos cantos da casa, de nada ajudará em sua condição, ao contrário: quanto mais se pensa no passado, maior serão os males causados pela depressão.

Como se livrar disso? Não é fácil, como dissemos, mas tem que começar dando o primeiro passo: aceitar. Aceite a ideia de que ele, por qualquer motivo que seja, não quis mais ficar com você, preferiu seguir sua própria vida e, sabemos lá, pode já ter embarcado em outro relacionamento e, enquanto isso, você fica se lamentando, perdendo preciosos dias de sua vida, sofrendo!

Vá devagar, não tenha pressa, esquecer não é fácil, mas sabendo que é o possível, é o melhor caminho e, para isso, são necessárias ações, de preferência novas, como: ir a lugares novos (onde vocês nunca foram juntos antes, para que não dê de cara com ele, ou ainda, ficar se lembrando do passado), jogar fora tudo o que ele deixou para trás, ou doar para quem precise, caso sejam roupas e outros bens de pouco valor.

Jogue fora todas as fotografias, em que vocês dois aparecem juntos, não se esquecendo de jogar todas as dele, principalmente! Delete as fotos de seu celular, ou perfis de redes sociais, onde ele aparece, junto ou não a você.

Não participe de nenhuma reunião, onde os antigos amigos em comum estarão presentes, os riscos de comentários deprimentes estarão certamente em pauta. Evite, pelo menos por um tempo. Procure gente nova, novos amigos e amigas.

Em hipótese alguma, comece um novo relacionamento se não tiver plena certeza de que você pelo menos sente algo muito especial pelo novo namorado. Namorar simplesmente para esquecer o outro, vai fazer do seu namorado boi de piranha, fazendo-o sofrer, e isso você sabe como dói, portanto não vai querer para os outros o que não quer mais para você mesma.

Mude a rotina da sua vida, em tudo, se possível. Nada de recaídas com músicas… elas são fonte de fossa e de deprê!

Faça um upgrade em seu armário, mude de roupas e de visual. Vida nova, amiga, porque a vida passa muito rapidamente e, não é legal ter passado por ela sem ter vivenciado, de maneira prazerosa, por novas experiências. Aposte no novo, chega de passado!

Boa sorte no amor e na vida 😉




PS: caso a depressão insista em lhe fazer companhia, procure um(a) médico(a), ou psicólogo, que poderá lhe ajudar nessa situação difícil, nunca desista de tentar!

Um comentário em “depressão após separação

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: