meu namorado não tem tempo pra mim



meu namorado não tem tempo pra mim
Gostou? Dê sua nota

meu namorado não tem tempo pra mim – o que pode estar errado em nosso relacionamento? Será que ele tem outra mulher, por isso não tem tempo para mim? Ou, vai ver, eu estou fazendo algo errado?

Bem, todas as perguntas se encaixam nas possíveis respostas. Algo, de fato está errado nesse relacionamento, mas não significa necessariamente que você esteja agindo errado, ou seu namorado. Vejamos a hipótese de que ele esteja estudando muito, porque tem a intenção de se formar e ter um ótimo emprego e futuro. Em tempo: amigos ou amigas solteiros também são uma pedra no sapato dos relacionamentos!

 

meu namorado não tem tempo pra mim
meu namorado não tem tempo pra mim

Nessas duas hipóteses, às vezes, se deixa para lá quase todas as coisas importantes para um segundo plano, nisso se encaixando até um ótimo relacionamento, namoro ou casamento. É preciso, portanto, tentar descobrir se essa indiferença, por exemplo, é fruto de algo parecido, ou se o problema é outro e, nesse caso, podendo atrapalhar o namoro ou casamento a ponto de comprometer sua continuidade, devido as circunstâncias.

Se, por exemplo, ele mudou ultimamente o visual, se produz muito mais para sair, está sempre cheirosinho e arrumadinho… hummmmm, provavelmente tem boi na linha (ou vaca, seria mais adequado), e ele pode sim estar tendo um caso por aí, ter se encantado com alguém, por isso a distância, a falta de tempo, a indiferença, até.





Às vezes, amiga, ou amigo, pode-se estar exagerando, por motivo de carência, de querer estar agarradinha(o) a ele ou ela, e isso tende a sufocá-lo(a), daí o motivo para um maior distanciamento. De qualquer maneira, para todos os casos, inclusive os não citados aqui, o melhor caminho é a conversa a dois, cara a cara, mas numa boa, sem cobranças, até porque para que a outra pessoa se abra é preciso o clima necessário para que haja tempo de reflexão e de respostas sinceras.

Não se utilize da cobrança direta e desafiadora, do tipo: porque você não está mais afim de mim? Ou, ainda, você certamente arrumou outra(o)? Isso, pode servir de estopim para uma crise mais profunda, talvez pondo um fim no relacionamento dos dois. Pode ser uma boa, porém, caso ele já esteja navegando em outras praias.

Use a cobrança indireta, que é sincera e mais funcional, do tipo: querido(a), tem alguma coisa em que eu possa ajudá-lo(a), para que sobre mais tempo para nós dois? Percebeu a diferença? Você abriu a “negociação” com cortesia e carinho, deixando-o mais solto(a) para poder dar as explicações a que você tem direito. Olho no olho, para ver se ele(a) está te enrolando, procure descobrir a verdade nas sutilezas, nos detalhes, porque a mentira aparece, se houver, e você saberá se o papo foi verdadeiro ou ficou devendo em credibilidade – o que gera margem à interpretação de traição, por exemplo, como mais cabível.

Há, ainda, outras maneiras, como a pura sedução, se utilizando das armas mais poderosas do universo: sexo! Procure ser diferente, mais agressiva(o), chamando o parceiro ou parceira para uma sessãozinha extra, sorrateira e furtiva. Em muitos casos, mudanças de comportamento que envolve o sexo, como procurar ao invés de esperar ser procurada(o), podem fazer grande diferença na relação.

Uma coisa é certa, e com isso todos nós temos que nos conformar: se o namorado(a) já está apaixonado por outra(o) é mais saudável desencanar, deixar a coisa esfriar de vez e partir para outra etapa, o que não quer dizer outro relacionamento. O tempo é o senhor da razão, se ele(a)  realmente te ama, depois de acabar o fogo da paixão, voltará bem mansinho(a) para seus braços. Aí é com você, perdoar, passar a régua, jogar uma pedra no que passou ou… chutar o pau da barraca e jogar os cachorros em cima dele(a) e dizer em alto e bom som: adeus! A escolha é sua.




No próximo post, estaremos tratado do perdão. Boa sorte no  amor e na vida 🙂

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo seguro, inveja, vídeos

Um comentário

  1. Bom dia Aurelio.
    Às vezes redesenhamos varias histórias em nossos pensamentos sem ao menos termos certeza. E neste caso poderia ser assim. Cobranças nunca são bem-vindas, deixar a pessoa livre sempre faz com que este se sinta vivo e repense no namoro como um fato bom e não como uma opressão.
    Pelo menos eu penso desta forma,deixar livre o que na verdade não me pertence,apenas me conforta como companheiro.
    Interessante este texto.
    Grata por ter compartilhado.
    Desejando um lindo dia.
    Um grande abraço.
    ClaraSol

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.