Meu namorado, ou marido, não me satisfaz na cama

Meu namorado, ou marido, não me satisfaz na cama
4.5 (89.63%) 27 votes

Meu namorado, ou marido, não me satisfaz na cama – É um problema que remonta os primórdios da humanidade. O homem pouco evoluiu, desde os imemoriáveis tempos dos “homens das cavernas”. Quando procuram pela parceira, dão aquela rapidinha e… viram de lado na cama. Segundo diversas pesquisas, particularmente eu ache o percentual subestimado, 1/3 dos homens sofrem de ejaculação precoce e problemas de ereção.

Meu namorado, ou marido, não me satisfaz na cama
Meu namorado, ou marido, não me satisfaz na cama

O pior de tudo isso, é que os “machões” não procuram ajuda médica, muito menos psicológica. Para eles, isso é coisa de mulher. Hoje, como antes, o homem não faz nem amor, nem sexo com sua parceira, copula. O instinto ancestral parece mais presente do que nunca. A mulher vive sexualmente reprimida há séculos, embora alguns “avanços” tenham sido duramente conseguidos, tais como: o livre-arbítrio na escolha do seu par, o mesmo acontecendo, quando do direito de querer, ou não, engravidar.

Mas, não estamos aqui para falar de antropologia, e sim de satisfação sexual. Vamos às dicas:

1 – Exija preliminares, sempre. Nada desse papo de ir direto para a penetração, a não ser que você esteja com aquela vontadinha…

2 – Deixe que ele saiba onde e de que maneira você gosta de ser tocada. Mostre satisfação.

3 – Retribua todo o carinho que recebeu, verificando sempre em que temperatura está seu parceiro (se for o caso, esfrie um pouco, para que ele “demore mais um pouco”).

4 – Descubra uma posição (depois, evidentemente, de muita preliminar) na qual você sinta mais prazer de ser penetrada. Mostre a ele como você gosta, faça isso de uma maneira generosa.

5 – Ainda de olho no seu homem, fique atenta aos sinais que precedem a ejaculação: respiração mais ofegante, aceleração dos movimentos de vai-e-vem, etc. Se você perceber esses sinais, esfrie o companheiro, disfarce com um papo sem nexo, por exemplo. Tudo isso visando que ele demore mais algum tempo, até que você esteja “no ponto”.

6 – Se ele consegue transar mais de uma vez (na mesma seção, é claro), aí você pode mandar e desmandar no jogo do sexo. Ele já terá superado a fase da alta ansiedade, e poderá lhe oferecer muito mais prazer.

7 – Mantenha sempre o comando da transa, principalmente de uma forma tal que ele nem perceba. Assim, você poderá obter um melhor “rendimento” do amante. Seja bem generosa, isso fará com que ele pense que “comanda a situação”

8 – Caso o parceiro tenha problemas permanentes de ereção e ejaculação precoce, não há outro jeito, amiga: tem que encorajar seu parceiro a consultar um especialista, nesses casos, um urologista. Lembre-se que o homem “se acha” o bambambam, portanto, falar sobre esse tema é tabu desde o tempo da vovó. Haja com todo o cuidado possível, mas seja franca com ele, explique o que está acontecendo realmente com o relacionamento sexual de vocês. E mais: de quanto isso seria importante para a sua realização, enquanto mulher.




Texto – Aurelio Martuscelli Neto – vide direitos autorais

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

7 comentários

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.