Namorado mexe nas minhas coisas pessoais



Namorado mexe nas minhas coisas pessoais
Gostou? Dê sua nota

Namorado mexe nas minhas coisas pessoais – Sempre quando meu namorado está por perto, encontro minha bolsa toda revirada, todas as coisas foras de lugar. Eu acho que não é legal ficar mexendo na bolsa de uma pessoa, sem que essa tenha autorizado. O que eu faço, para que ele nunca mais mexa nas minhas coisas?

Em primeiro lugar, mexer nas coisas de uma pessoa, qualquer que seja ela, sem autorização, é uma tremenda invasão de privacidade, não é nada legal, mesmo para os mais ciumentos de plantão.

Namorado mexe nas minhas coisas pessoais
Namorado mexe nas minhas coisas pessoais

Mexer sem autorização no seu celular, por exemplo, é uma atitude no mínimo de uma pessoa insegura, porque não interessa a ninguém o conteúdo de seus aplicativos, seus contatos, suas mensagens salvas. E isso, não ajuda em nada o ciumento, que sempre achará um pretexto para ficar desconfiando de você.





Namorado mexe nas minhas coisas pessoais – Ele, também mexe na sua bolsa, seus pertences, suas gavetas, etc. Ninguém tem o direito de ficar fuçando nisso, a não ser os seus pais, desde que você esteja sob uma forte suspeita de uso de drogas ilícitas ou, ainda, anda em más companhias. Daí, seus pais quererem se certificar de que você anda na linha. Mas, mesmo assim, essa intromissão pode ser considerada invasiva, uma vez que você nunca deu motivos para isso.

Em todos os casos citados acima, como exemplos, deve-se agir com firmeza, repreendendo severamente a(s) pessoa(s) que mexeu em seus pertences. Procure chamar para um bate papo franco, sem agressões, fazendo a famosa pergunta a ele(s): porque mexer nas minhas coisas? Por acaso, você(s) desconfia(m) de mim? O que está acontecendo, para que você(s) tome(m) a liberdade de mexer nas minhas coisas pessoais. Não sabe(m) que eu não gosto disso? Por acaso, você(s) me viu mexendo em seu celular, sua carteira, sua gaveta?

Se seu namorado desconfia de você, com ou sem motivos, nada justifica essa “liberdade” para fuçar em suas coisas pessoais. São suas, e somente de seu interesse. Isso precisa ficar bem claro a todos os interessados.

No caso do celular, é mais fácil, colocando uma senha e… fim de papo. Mas, nas outras coisas, não há como colocar cadeados e fechaduras, quando em companhia de seu namorado, ou mesmo de parentes, que costumam xeretar onde não foram convidados.

Seja transparente com seus relacionamentos ou, em outras palavras, seja autêntica, franca e leal, se você achar que vale a pena o relacionamento. Mas, cobre das pessoas o mesmo tratamento: confiança, transparência e franqueza.

Lembre-se: tudo que é feito nas costas de alguém, não é legal, não rola, e a pessoa que age dessa maneira não merece crédito, muito menos amor. Isso, também serve a você, caso não passe confiança a seu namorado, ou parentes, ou amigos. Aí, é que entra a franqueza e o jogo franco e limpo. Afinal, como diz o velho e sábio ditado, a mentira tem pernas curtas e, um dia, a casa cai. Por isso, seja fiel, enquanto está com alguém, mesmo que essa pessoa não esteja por perto.




Bora ser feliz 🙂

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo seguro, inveja, vídeos

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

%d blogueiros gostam disto: