Os brasileiros e os sites de relacionamento

Gostou? Dê sua nota


Os brasileiros e os sites de relacionamento – Todo mundo sabe que o povo brasileiro é caloroso, simpático e falante. Nós gostamos de contato físico, de abraçar, de beijar, de sentar com os amigos em uma mesa de bar e ficar a tarde toda jogando conversa fora. E mesmo com tudo isso, quem diria que nós seríamos também o país campeão de uso de sites de relacionamentos, tão criticados por criarem o afastamento das relações pessoais?

Uma pesquisa publicada esse ano pela Nielsen constatou que 80% dos brasileiros que navegam a internet também acessam sites de relacionamentos como o Orkut ou o Facebook. Somos também os que ficamos mais tempo conectados nesses sites – em média um a cada quatro minutos online são em sites de relacionamento. Por causa desses altos números, o Brasil ficou em primeiro lugar, seguido da Espanha e Itália.

Mas não é só o uso de redes sociais convencionais que vêm crescendo no país. Os sites de relacionamentos com o objetivo de conhecer gente nova, como o Badoo, também estão virando febre entre os jovens. Eles criam um espaço virtual onde pessoas que dividem os mesmos gostos, buscam as mesmas coisas ou estão geograficamente próximas, podem se conhecer, se encontrar e criar uma relação de amizade, paquera, ou até, quem sabe, um namoro.  

E para facilitar ainda mais a comunicação e a mobilidade entre os solteiros, esses sites têm aplicativos para celulares que usam a localização via GPS do usuário para encontrar outras pessoas que estejam próximas naquele momento. 

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: