Porque eu sempre escolho o homem errado?

Porque eu sempre escolho o homem errado?
5 (100%) 1 vote[s]

Porque sempre fico com o cara errado? Sempre escolhi e acabei ficando com a pessoa errada. E o pior de tudo isso é que todos tinham quase que as mesmas características de personalidade – para não dizer todas -, embora suas aparências físicas necessariamente não eram semelhantes. Penso ser um defeito meu, por errar na escolha tantas vezes e nunca me corrigir. Alguém poderia me ajudar com esse meu problema?

Escolhas erradas ou certas? Somente quem está vivenciando um relacionamento poderia responder mas, às vezes, não possuem tal resposta, porque estão muito envolvidas sentimentalmente, que não sabem distinguir o que lhe faz bem, do que só lhe traz aborrecimentos e tristezas.
Tenho amizade com muitas mulheres com esse mesmo problema: sempre escolher o cara errado e, em nossas longas conversas sobre a vida a dois, elas me falaram sobre esse mesmo assunto. Eu perguntava à elas porque elas não largavam o cara, apesar de tantas noites sem dormir, de todo aquele assédio mental (às vezes sexual, também), de parecerem estar sempre com medo do que “eles” viessem a fazer algo de ruim, e de todo o mal que isso estava fazendo em suas vidas, mas o que ouvia como resposta eram somente evasivas e o famoso “não sei”.

Na verdade, poderíamos dizer até que é patológico (doentio) conviver com pessoas com muitos problemas, tais como: dependência química, alcoolismo, agressividade, egocentrismo e demais ismos… Não está longe da verdade essa afirmação: trata-se mesmo de uma espécie de coisa viciante. Acostuma-se a viver com pessoas que são agentes pertubadores de nosso “ordenamento coridiano”, vamos assim dizer, a tal ponto que, quando essa pessoa desaparece de nossas vidas, lá vamos nós à procura dos mesmos tipos, imaginando que com esses novos (?), tudo será diferente.

Enorme engano, amigas e amigos! Errar uma, ou até duas vezes é até natural, depois disso já pode ser considerado como um caso de mente deturpada, através de repetidos relacionamentos nada sadios. Ao repetirmos os mesmos erros que já cometemos esperando resultados diferentes, é o maior sintoma disso. É querer revivenciar o caos e as atribulações de relacionamentos que certamente nos deixarão cada vez mais co-dependentes e fragilizadas.

Fazem-se necessárias urgentes modificações no modo de agir, podendo, inclusive, sugerir uma mudança radical de hábitos e costumes e, se for o caso, até a ida para outro lugar, distante daquele onde se conviveu tanto tempo com esses problemas. Notem: não é para fugir, não! Apenas, para dar mais rapidez ao processo de inovação da qual sua vida tanto necessita. Tentem essas modificações, renovem-se, valorizem-se mais. E, ao primeiro sintoma de recaída (dar de cara com um homem, cujas características sejam bem conhecidas e nefastas, que faz disparar o “alarme de perigo”) diga em alto e bom som “DESTA VEZ, NÃO”!

No mais, uma consulta a profissionais (psicólogos e terapêutas), é sempre o melhor atalho para o encontro da harmonia e do bem estar.

Beeeijos 🙂
Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

3 comentários em “Porque eu sempre escolho o homem errado?

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: