Tamanho é documento? Ou a qualidade dá mais prazer?

Gostou? Dê sua nota

Tamanho é documento? Ou a qualidade dá mais prazer? – Tenho visto dezenas de publicações que fazem referência à anatomia do membro sexual masculino e sua, diríamos, relação com o prazer que pode proporcionar à mulher. Primeiro, queria deixar bem claro que cada um escreve o que quer, baseado em experiências pessoais ou por ouvir dizer.

O fato é que a ciência explica de uma maneira bem simples se o tamanho do membro sexual pode ou não ter relação direta com mais ou menos satisfação e prazer das mulheres.

Tamanho é documento? Ou a qualidade dá mais prazer?
Tamanho é documento? Ou a qualidade dá mais prazer?
Talvez, o que poucos saibam, é que com apenas 4 ou 5 centímetros de penetração numa vagina, qualquer pênis pode satisfezar uma mulher, porque é exatamente nessa região que se encontram todos os grupos de músculos e, consequentemente, a parte vital da sensibilidade prazerosa feminina. Incluindo-se, aí, o tão propalado Ponto G.
Outro dado interessante é sobre as estatísticas sobre o tamanho do pênis masculino em várias partes do mundo: pouco ou nada diferem, em média, o pênis (quando em ereção): mede entre 13 a 18 centímetros. Esse é o tamanho normal de um membro sexual masculino. Afora desses padrões, poder-se-ia supor que fossem fora do comum, tanto para maior, quanto para menor, mas há milhões de homens no mundo, cada qual com seu “instrumento”, o que nos permite afirmar que nada pode ser taxado de anormal abaixo ou acima desses tais padrões.
O que importa, realmente, numa relação sexual prazerosa, não é o tamanho do “brinquedinho” masculino, mas sim sua eficácia (ereção) e a habilidade individual de cada homem em manipulá-lo, ou deixar ser manipulado! Isso é que faz a diferença na hora do “vamos ver”.
Outro fator a ser levado em consideração é a fantasia sexual feminina de ser possuída por um imenso membro, não é uma regra, apenas uma das mais comuns. Ao imaginar o tamanho do membro masculino, a mulher pode ser confundida com a qualidade do “brinquedinho”, do tipo: quanto maior, mais gostoso. Mas… faz parte das deliciosas fantasias sexuais (quem não as tem?!)
Isso é comum no imaginário feminino e, em momento algum, deve ser considerado uma tara, um desvio sexual, ou uma obcessão ( a não ser que a pessoa saia medindo os “brinquedinhos”, antes de fazer o test-drive kkkk). Matou sua curiosidade? Então, nada de réguas, trenas (trenas?), ou instrumentos de medição na hora da paquera (ou dos amassos, quem sabe?!).
É isso rapazes, ânimo, nada de ficarem se humilhando na frente do espelho, ou pior: utilizando-se de instrumentos nada convencionais para “aumentar o menino a qualquer custo” só para agradar suas namoradas. Caprichem na qualidade, isso é que faz uma mulher acordar no dia seguinte, cantando, feliz, e com aquela sensação maravilhosa de que a vida é bela…
Tamanho não é qualidade, como tempo não é intensidade!
Texto: Taís Regina
Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo seguro e prazeroso, inveja, vídeos

8 comentários em “Tamanho é documento? Ou a qualidade dá mais prazer?

  • 29 de setembro de 2010 em 14:34
    Permalink

    Acho que para cada mulher tem um encaixe perfeito..
    as vezes fica difícil é achar o cara dono do tal encaixe..kkk
    mas o resto sempre a qualidade, a empolgação e principalmente quando se sabe fazer funcionar o principal órgão sexual que é o cérebro.. tudo fica maraa.
    bjoo

    Resposta
  • 16 de setembro de 2010 em 21:11
    Permalink

    É como eu escrevi na postagem: em se tratando de ideário pessoal… cada qual com o seu. Em particular, eu fico com a qualidade que é muito melhor e eficiente que o tamanho do objeto em questão:P

    Obrigada pelos coments, vocês meninas, são muito levadinhas!
    Beijim 🙂

    Resposta

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: