Viver com homem dominador ou ter sua liberdade



Viver com homem dominador ou ter sua liberdade
4.5 (90.77%) 104 votes
Viver com homem dominador ou ter sua liberdade – não consegue mais conviver com seu marido ou companheiro, porque ele é muito dominador e te sufoca, tira a sua liberdade?

Em pleno século XXI, nos deparamos com o machismo exacerbado, como se estivéssemos ainda na Idade Média, ou em países onde a mulher é considerada apenas subserviente ao homem.

Como conviver com alguém, todos os dias da semana, que sufoca todas as suas iniciativas, ou seu desejo de fazer algo novo em sua vida?

Como viver quase como escrava desse homem?

Viver com homem dominador ou ter sua liberdade
Viver com homem dominador ou ter sua liberdade

Viver com homem dominador ou ter sua liberdade

Amigas e amigos, serve para ambos: Nós vivemos num país, onde o machismo é passado de pai para filho desde sempre.





Portanto, antes de firmar qualquer compromisso com um homem, é preciso testá-lo exaustivamente, para saber até que ponto seu machismo pode interferir em seu relacionamento.

Excesso de ciúmes é sempre uma boa desculpa para que ele te domine, tornando-a uma espécie de Dona do Lar, feita sob medida para apenas agradar seu senhor.

Com isso, não deixam você ir a um lugar sozinha, ou se deixam, ficam vigiando seus passos e, quando você volta do passeio ou compromisso, tem que fazer um relatório minucioso sobre onde foi, com quem esteve, horários, para que depois ele cheque com essas pessoas.

Em outro aspecto, eles sempre se mostram egoístas, não se importando com nada que você esteja idealizando, ou já fazendo, numa falta total de atenção.

O sol gravita somente em torno dele.

Viver com homem dominador ou ter sua liberdade

Muitas mulheres vivem assim, sob o comando tirânico do marido ou companheiro e, devido ao tempo consumido entre os afazeres domésticos, aliado ao cuidado a seus filhos, não lhe restou opção senão viver sob esse tipo de relacionamento angustiante.

Essa mulher não pode estudar, nem mesmo abrir uma lojinha de artesanato, ou expor seus trabalhos, não pode crescer profissionalmente e hoje, mesmo que quisesse, não haveria como sair desse relacionamento e arriscar-se a passar por inúmeras dificuldades, principalmente a financeira.

Por isso, se seu marido ou companheiro, mesmo o novo namorado, tem esse perfil dominador e egoísta, se puder, saia fora, antes que sua juventude vá embora, e o ponto de conforto – apesar de doloroso – sirva de consolo para o resto de seus dias.




Há sempre tempo, embora a idade pese no quesito ânimo, para mudar esse modo de convivência, ou pega-se as malas e vai tentar voar livre, ou fica acorrentada a esse relacionamento onde um lado somente vive satisfatoriamente.

 

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!