Categorias: Sem categoria

Mulher Moderna?… Só prejuizo!


São 6h da manhã.

O despertador canta de galo e eu não tenho forças nem para atirá-lo contra a parede.
Estou tão cansada, não queria ter que trabalhar hoje.
Queria ficar em casa, cozinhando, ouvindo música, cantarolando, até.

Se tivesse cachorro, passeando pelas redondezas. Se tivesse aquário? Olhando os peixinhos nadarem. Espaço? Fazendo alongamento. Leite condensado? Fazendo brigadeiro…
Tudo menos sair da cama, engatar uma primeira e colocar o cérebro pra funcionar.

Gostaria de saber quem foi a mentecapta, a matriz das feministas que teve a infeliz idéia de reivindicar direitos à mulher e por quê ela fez isso conosco que nascemos depois dela.

Beth Friedman – Foi essa a mocréia…

Estava tudo tão bom no tempo das nossas avós, elas passavam o dia a bordar, trocar receitas com as amigas, ensinando-se mutuamente segredos de molhos temperos, de remédios caseiros, lendo bons livros das bibliotecas, dos maridos, decorando a casa, podando árvores, plantando flores, colhendo legumes das hortas, educando as crianças, frequentando saraus,
a vida era um grande curso de artesanato, medicina alternativa e culinária.

Aí vem uma “fulaninha” qualquer, que não gostava de sutiã nem tão pouco de espartilho, e contamina as várias outras rebeldes inconseqüentes com idéias mirabolantes sobre “vamos conquistar o nosso espaço”.
Que espaço, minha filha???!!!!! Você já tinha a casa inteira, o bairro todo, o mundo aos seus pés.

Detinha o domínio completo sobre os homens, eles dependiam de você para comer, vestir, e se exibir para os amigos, que raio de direitos requerer? Agora eles estão aí, todos confusos, não sabem mais que papéis desempenhar na sociedade, fugindo de nós como o diabo foge da cruz. Essa brincadeira de vocês acabou é nos enchendo de deveres, isso sim. E nos lançando no calabouço da solteirice aguda.

Antigamente, os casamentos duravam para sempre, tripla jornada era coisa do Bernard do vôlei – e olhe lá, porque naquela época não existia Bernard do vôlei.
Por quê, me digam por quê, um sexo que tinha tudo do bom e do melhor, que só precisava ser frágil, foi se meter a competir com a macharada? Olha o tamanho do bíceps deles, e olha o tamanho do nosso.

Tava na cara que isso não ia dar certo!!! Não agüento mais ser obrigada ao ritual diário de fazer escova, maquiar, passar hidratantes, escolher que roupa vestir, e que sapatos, acessórios usar. Que perfume combina com meu humor, nem de ter que sair correndo.
Ficar engarrafada, correr risco de ser assaltada, de morrer atropelada, passar o dia reta na frente do computador, resolvendo problemas.

Somos fiscalizadas e cobradas por nós mesmas a estar sempre em forma, sem estrias, depiladas, sorridentes, cheirosas, unhas feitas, sem falar no currículo impecável, recheado de mestrados, doutorados, pós-doutorados e especializações (ufffffffffffffffffff!!!!!!!)…

Viramos super mulheres, continuamos a ganhar menos do que eles, lavar, passar,cozinhar
e cuidar dos filhos da mesma forma. E ainda temos que dividir as despesas da casa!

Não era muito melhor ter ficado fazendo tricô na cadeira de balanço?

Chega, eu quero alguém que pague as minhas contas, abra a porta para eu passar, puxe a cadeira para eu sentar, me mande flores com cartões cheios de poesia, faça serenatas na minha janela (ai, meu Deus, já são 6:30h, tenho que levantar!), e tem mais, que chegue do trabalho, sente no meu sofá, e diga “meu bem, me traz uma dose de café, por favor!”.

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

Essa postagem foi modificada em: 14 de janeiro de 2015 14:49

Share
Leave a Comment

Ver Comentários

  • Texto sem noção... cada um acha o que quer... Existem prós e contras na sociedade moderna... não resolve é a regressão????????
    Desculpe-me, anônimo(a), mas o que está sem nexo é seu comentário.
    Se o seu objetivo era discordar... deu para "pescar" nas entrelinhas, tudo bem. O texto está aí para ser lido e entendido de acordo com a percepção de cada um.
    Penso que a autora do texto estava de mau humor às 6h da manhã, só isso.

  • Texto sem noção...msm pra uma satira parece ser bem perjorativo... Ninguem impede ninguem de virar Amelia e cuidar só da casa e dos filhos,o esquisito é colocar culpa nos direitos conquistados pelas mulheres,e ainda faltam mts a serem obtidos porem já foi um grande avanço.As mulheres q se sentem chateadas com o trabalho,e outras coisas é simples voltem a cuidar do lar e não trabalhem fora!
    Existem prós e contras na sociedade moderna o que com certeza não resolve é a regressão.
    Mas cada um acha o que quer,então é isso o que penso!

  • OI, Aurélio, muito bem argumentado esse texto.
    Concordo que viramos supermulheres, mas a coisa só ficou ruim porque, além de colocar o cérebro pra funcionar lá fora, continuamos lavando, passando, cuidando dos filhos e da casa...
    Então, onde ganhamos nessa história?
    Não ganhamos!
    Saímos, sim, em prejuízo, e o pior é que, com a cabeça atual, não dá pra voltar atrás, hahahahaha.

    Beijos, querido!

  • Para mim está bem clara a intenção de quem fez o texto. Sem segredo algum, apenas imaginar que uma mulher acorda as 6 da matina, com uma porção de coisas para fazer e sem a menor vontade disso.
    Só isso, gente. Não há nenhuma afirmação no sentido de negar os avanços que a mulher vem obtendo à duras penas nessa sociedade ainda bem machista, apenas um desabafo.
    Gostei muito dela ter botado a boca no trombone, nem que seja só para ela

  • Olá Natália!
    Parece-me que você acertou na sua primeira hipótese: o texto é claramente uma sátira à mulher contemporânea. Pessoas esclarecidas sabem que os tempos idos do machismo e da subserviência da mulher em relação ao homem já passou (pelo menos em algumas regiões do mundo).
    O bom humor, notadamente quando se trata de assunto-tabú, parece não ser reconhecido de cara!
    Nota-se, no texto da autora anônima (quem souber o nome, gostaria de publicá-lo), que ela quer sacudir a mulher moderna, chamar a atenção dessa para uma maneira de viver mais leve, sem as duras responsabilidades do dia-a-dia da mulher atual, quer seja ela engenheira ou dona de casa, simplesmente! E como disse o amigo que não quis se identificar, simplificar as coisas para a mulher três-em-um, um verdadeiro burro de carga em tripla jornada de trabalho e com tão poucode tempo para si mesma. Nada contra a modernidade... muito peo contrário!
    Obrigado pelos comentários

  • Creio que esse texto foi feito por algum homem a fim de satirizar as mulheres modernas, ou mesmo por alguma mulher sem muitas perspectivas de vida.
    Ao se adquirir o "direito" de trabalhar, conseguimos ainda o "direito" de pensar, de fazer o que temos vontade, de ser independente. Quando somos crianças, ou até mesmo adolescentes, e queremos fazer alguma coisa que nos é negado por nossos pais, ao contestar, ouvimos na maioria das vezes o famoso QUEM PAGA AS CONTAS SOU EU, LOGO EU MANDO.
    O mesmo ocorre com aquelas mulheres que dependem de seus maridos, que chegam em casa, sentam no sofá e lhes pedem café.
    Um mulher que inveja a vida de RAINHA DO LAR de nossas avós provavelmente tem medo de crescer e assumir as responsabilidades da vida adulta; ora, é mais fácil receber ordens do que pensar por si própria, tomar decisões, não é mesmo?
    Sou engenheira, trabalho em um ambiente totalmente masculino, e tive que lutar muito para ser respeitada pelos meus colegas de trabalho... Mas não creio que posso culpá-los totalmente, visto que ainda há mulheres que pensam em como melhor E MAIS FÁCIL seria uma vida de submissão e ignorância, focada à educação dos filhos e a descobrir novas receitas para agradar ao marido.
    Muitas de minhas tias vivem assim. Realmente FICAR EM CASA O DIA TODO FAZENDO BRIGADEIRO ALONGAMENTO E PASSEANDO COM O CACHORRO parece ser muito atraente... Mas infelizmente isso é APENAS UMA PARCELA de como realmente é a vida de mulheres assim, constantemente humilhadas, submissas e ignorantes.

  • Oi, sou homem e li seu post, realmente as coisas antigamente eram mais faceis(simplicidade das coisas, culturas em geral), no fim das contas, a humanidade sempre vai pelo caminho mais dramatico, quantos mais os anos passam, mais o mundo corre mais depressa, o nosso(homem e mulher) problema eh q nunca estamos satisfeitos com nada, somos egoistas e sempre queremos mais do q podemos ter, se fossemos pessoas mais simples, naum tentassemos competir muito um com os outros, seriamos pessoas muito mais felizes.

    Otimo post, otimo tema...
    Paz e amor sempre

  • Fato é que tb acho tudo isso. Mas sabe o que aconteceu?

    Os maridos começaram a sair de casa. Abandonar suas famílias pra viver aventuras amorosas... ou até pq já estavam de saco cheio da Amélia. E você, mulher, dona de casa, Amélia... qua faria sem dinheiro pra alimentar seu filhos que o marido bondoso e provedor abandonou?

    Passar, cozinhar, lavar, confeitar pra fora. Era o que restava. Uns minguadinhos que jamais iam garantir o sustento e o futuro da prole.

    Daí a gente tem que trabalhar amiga. É que resta. Estudar e trabalhar pra poder cuidar das crianças se o marido faltar. FATO.

    Também queria ficar na cama e fazer almoço. Mas isso ainda não dá dinheiro e os maridos provedores estão em falta há séculos.

    beijos e parabéns pelo post

  • Olá Aurélio,
    De uma certa forma nossos post's se completam...rs
    Pois a mulher moderna teve que apreender de certa forma a tomar atitudes...pois os homens estão assustados com tamanha independência feminina!
    Adorei o seu blog!
    Beijos Jessy

  • Amiga, esse texto que recebi via mail me parece mais um desabafo bem humorado, do que uma verdade pronta.
    Achei graça no texto, e olhe lá: tem muita coisa verdadeira! Mas, claro, que é apenas uma sátira à modernidade do comportamento feminino e que a mulherada não fique esperando pelo príncipe encantado... tem muito sapo dando mole por aí..kkkkk
    Beijo

  • sei não hoje em dia é dificil ver algum casamento com a fidelidade extrema eu desconfio de todos os casais kkkkkkk as vezs olho um casal na rua e penso quem traí quem aqui será?

    tem mina mto facil por aí e os caras se iludem com isso elas dão sexo pra ganharem as coisas

Publicado por
Aurelio

Recent Posts

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas - você é do tipo ciumenta(o), chegando…

28 de julho de 2019

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas - bem, ele te falou, ou…

19 de fevereiro de 2019

Namorar com homem casado prós e contras e mais dicas

Namorar com homem casado prós e contras - muitas mulheres começam um relacionamento com homens…

27 de junho de 2018

Viver com homem dominador ou ter sua liberdade

[kkstarratings]Viver com homem dominador ou ter sua liberdade - não consegue mais conviver com seu…

27 de fevereiro de 2018

Meu namorado não me dá atenção dicas

Meu namorado não me dá atenção dicas - porque meu namorado me ignora, será que…

1 de agosto de 2017

Sofro bullying na escola o que fazer

Sofro bullying na escola o que fazer - garotas e rapazes pode ser alvos de…

22 de junho de 2017

This website uses cookies.

Read More