Categorias: Sem categoria

Pela primeira vez, uma mulher irá governar o Brasil – Dia histórico!

Sou daqueles que acreditam no novo, daquilo que está por vir.
Não vivo de passado, embora me utilize de meus erros e acertos
para abalizarem meu caminho, como um farol que ilumina minha
jornada.


Hoje, a maioria de nosso povo, escolheu uma mulher para governar, e isso é histórico. Um passo gigantesco, que comprova a tese de que a democracia está sendo consolidada, apesar de tanta calúnia, desrespeito à mulher, assédios e ingerências de grupos religiosos, principais organizações da imprensa brasileira, com o pior propósito: a tentativa de cooptar, a qualquer custo, o Poder e com ele se beneficiar, certamente.


Parabéns, Dilma! O seu perfil combina com os milhões de mulheres do Brasil: guerreiras, sensatas, sensíveis, perceptíveis, incansáveis, amorosas, decentes e, sobretudo, humildes. Esse é um dia para ficar na história do Brasil e do mundo! Dia de comemorar a quebra de tabus e preconceitos, de expulsar o atraso e exorcizar o retrocesso!


A jornada apenas começa, ficaremos torcendo por um governo plural, que inclua toda a nação brasileira: crianças e jovens, mulheres,  idosos, homens, negros, índios, brancos, asiáticos, possuidores de cuidados especiais, gays e lésbicas, católicos, evangélicos, espíritas, budistas, e tantas outras pessoas que têm opções que possam não convergir com a de uma determinada maioria.


Apesar de uma campanha tão infame e vil, promovida pelo que há de mais conservador, antiético e atrasado, que tentou jogar “goela abaixo” um falso modelo de moralidade e competência, venceu a sabedoria do olhar, do perceber, do discernir um candidato de outro. E, para minha alegria, venceu uma mulher. Que bom, estamos evoluindo, apesar de faltar ainda uma imprensa digna de confiabilidade, que não coloque palavras nas bocas de quem não as proferiu, que mantenha a imparcialidade nas informações e, sobretudo, divulguem as suas notícias sem favorecimentos e distorções do que é real e do que nos querem impor como tal.


Venceu uma mulher! Venceu a democracia brasileira! Vencemos todos nós! Acompanhar esse novo governo, a partir de 1º de janeiro, é tarefa de todos nós, os que votarama favor, os que votaram noutro candidato e aqueles que preferiram anular seu voto. Somente assim, extraídos daí, é claro, o revanchismo e o rancor de ambas as partes, poderemos caminhar à frente, construindo um País mais justo, digno e fraterno.

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

Essa postagem foi modificada em: 14 de janeiro de 2015 14:49

Share
Leave a Comment

Ver Comentários

  • Excelente texto, amiga. Parabéns pela lição de cidadania!!!

    E faço minhas as suas palavras:

    ´´Venceu uma mulher! Venceu a democracia brasileira! Vencemos todos nós! Acompanhar esse novo governo, a partir de 1º de janeiro, é tarefa de todos nós, os que votarama favor, os que votaram noutro candidato e aqueles que preferiram anular seu voto.´´

    Bj e um bom fds.

Publicado por
Aurelio

Recent Posts

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas

Quando o ciúme destrói o relacionamento 10 dicas - você é do tipo ciumenta(o), chegando…

28 de julho de 2019

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas

Ele te traiu você deve perdoar ou não dicas - bem, ele te falou, ou…

19 de fevereiro de 2019

Namorar com homem casado prós e contras e mais dicas

Namorar com homem casado prós e contras - muitas mulheres começam um relacionamento com homens…

27 de junho de 2018

Viver com homem dominador ou ter sua liberdade

[kkstarratings]Viver com homem dominador ou ter sua liberdade - não consegue mais conviver com seu…

27 de fevereiro de 2018

Meu namorado não me dá atenção dicas

Meu namorado não me dá atenção dicas - porque meu namorado me ignora, será que…

1 de agosto de 2017

Sofro bullying na escola o que fazer

Sofro bullying na escola o que fazer - garotas e rapazes pode ser alvos de…

22 de junho de 2017

This website uses cookies.

Read More