Como se dar bem com as mulheres na cama – Dicas de Dom Juan

Deixar uma mulher satisfeita na cama é uma arte, que precisa ser entendida e desenvolvida desde cedo pelos jovens e, em muitos casos, reaprendida pelos mais maduros. Não é ao acaso que nos dias de hoje há tantos relatos de traições e de depoimentos de mulheres insatisfeitas sexualmente com os seus parceiros, sejam eles: namorados, maridos, amantes ou ficantes.

A falta de conhecimento do corpo feminino, associada a tabus e preconceitos, além do machismo a que os garotos são expostos desde tenra idade pelos seus pais, amigos e ambiente escolar evidencia-se, quando esses mesmos garotos têm a sua frente sua primeira transa, sua primeira experiência sexual a dois, e onde têm que provar que é o macho da espécie. A tendência de uma transa “meia-boca” é bastante comum. Só que a maioria das mulheres não falava nada antes, agora… elas querem orgasmos, um justo prazer que estava somente reservados aos homens.

Esse é o assunto principal dessa postagem: como deixar uma mulher satisfeita na cama, como agradar uma mulher no sexo, como dar mais prazer à sua namorada ou mulher. Como fazer sua mulher ter muitos orgasmos.

Preliminares

Conhecidas por esse nome, é a fase que antecede à penetração do pênis na vagina, o momento da preparação dos corpos, o conhecimento das áreas mais reagentes aos estímulos. Curtir esse momento pode ser mais gratificante do que o próprio orgasmo em si, visto que depois do orgasmo acaba, pelo menos temporariamente, o desejo, o tesão. Nas preliminares isso não acontece, é o momento das brincadeiras, dos toques, da boca, da língua, enfim, é o corpo todo que reage durante as preliminares. É durante essa fase que os amantes reconhecem os cheiros, a pele e a química de seus parceiros sexuais. Portanto, muita atenção às preliminares.

Usando as mãos, a boca e a língua

Os beijos são o mais interessante caminho do sexo, o seu cartão de visitas. Capriche, experimentando alternar beijos de língua, movimentando-a dentro da boca de sua parceira, e nos cantinhos dos lábios. Beije-a na nuca, alternando com lambidinhas nesse local erógeno, ora colocando a língua dentro da orelha dela, ora passando-a em todo a região do pescoço.
As mulheres adoram um carinho na nuca, passe um bom tempo aí.

O Mapa da Mina

Continuando com os beijos e a língua, dessa vez descendo pelo corpo dela, indo e vindo, sem pressa, para baixo um pouquinho, para cima novamente. Alterne beijinhos molhados com lambidinhas rápidas e demoradas, arrisque umas mordidinhas de leve. Enquanto está com os beijinhos e lambidinhas, utilize suas mãos para acariciar outros lugares do corpo dela. Experimente fazer carinho nas costas dela com suas mãos, alizando-a, apertando-a suavemente.

Fique atento aos sinais de aprovação e desaprovação por parte dela. Note que esses sinais são feitos pelo corpo da parceira. Se você estiver agradando, ela vai oferecendo a você mais áreas onde gosta de ser tocada.

Os seios são extremamente sensíveis ao toque das mãos, boca e língua. Comece pelas laterias, beije-os com vontade, mas sem colocar força nas mordidinhas. Lamba-os como se fossem um delicioso sorvete, pressionando seus lábios contra os mamilos (bicos dos seios), e depois lambendo-os. Os bicos dos seios são, invariavelmente, uma zona erógena de alto impacto, por isso, depois de se assegurar de que ela está gostando e aprovando, trabalhe os seios e mamilos como um explorador, sem pressa, deixando-a toda lambuzadinha.

Descendo a Serra

Continue trabalhando com a boca e a língua, descendo em direção ao umbigo da garota, enquanto suas mãos já procuram pelas partes mais embaixo, sem pressa, num vai e vem que a deixe ansiosa pelo contato com sua vagina. Mas ainda não chegue lá. Deixe ela demonstrar uma certa impaciência. Note quando ela esticar seu corpo na direção de suas mãos ou boca, ainda assim, não chegue lá, volte um pouco para a região do umbigo, ou desça para a região da pelvis, beijando, lambendo e usando suas mãos como “batedoras”, aquelas que vão na frente da patrulha.

A um passo do paraíso

Use agora suas mãos com mais atenção, passando-as pelas coxas dela, principalmente nas partes internas dessas, é uma zona de alto impacto. Provavelmente, ela irá se ajeitar para que você a toque na vagina, mas você ainda não “quer” fazer isso, você quer judiar dela, não é? Pois bem, passe uma das mãos nas nádegas dela, contornando todo esse maravilhoso parque de diversões. Aperte os glúte-os, como se estivesse testando sua resistência, mas sem muita força.

Passe levemente seus dedos na junção das nádegas, com o dedo indicador e o dedo médio (aquele do “fuck you”) nesse local, é extremamente excitante para ambos. Não se esqueça de intercalar sua boca por toda a extensão já percorrida anteriormente, esse passeio de volta é fundamental para o aquecimento da sua parceira. Tampouco, esqueça dos beijinhos e beijões na boca dela, não vá esquecer a dona desse corpo…

Templo de Vênus, o tesouro proibido

Use agora sua mão direita, caso seja destro, e com a palma dela toque seus pelos pubianos, insinuando uma descida, mas sem chegar ainda lá, fique um pouco nessa rotina, enchendo-a de beijinhos e beijões sua boquinha linda e ávida. Chegou o momento esperado pelos amantes! Toque-a, sinta o seu calor, e com leveza passe o dedo indicador e o médio sobre a abertura vaginal, em toda a sua extensão. Fique atento aos movimentos do corpo dela, os gemidinhos, a respiração mais ofegante…

Introduza suavemente o dedo médio em sua vagina, procurando explorar o clitóris (é um tipo de nervo mais destacado, que fica próximo ao início da abertura da vagina, entre os grandes lábios vaginais. Ao descobrí-lo, você notará a reação dela, então acaricie esse local, agora com a introdução do dedo indicador, como se estivesse pegando nesse “botãozinho”. Se ela não estiver molhadinha, o que é difícil, você pode, disfarçadamente (ou não), umidecer seus dedos levando-os à sua boca.

Faça esses movimentos circulares com os dois dedos, ora apertando suavemente, ora deslizando sobre esse ponto chave. Agora, num gesto mais audacioso, retire sua mão daí, e coloque sua cara. Gestos surpreendentes tendem a gerar mais prazer. Faça todo o ritual com sua boca, mais ou menos o mesmo que fez em relação aos seios dela. Sugue generosamente toda a região da vagina, não disperdiçe nenhum espaço sequer, pois nessa região toda a terminação nervosa da mulher é extremamente sensível ao toque. Explore as cavidades, use beijinhos externos e mais internos, aprofundando sua língua, e voltando para a superfície.

Agora, procure com a língua o clitóris dela. Achado, beije e lamba com vontade esse botaõzinho do amor, indo e voltando, até que ela chegue ao orgasmo, ou peça para que você a penetre.
Use, abuse e lambuze, mas sempre de olho nas reações dela, porque algumas mulheres podem ter supersensibilidade em seus clítoris e, nesse caso, toda a ação deve ser mais contida, com seu tempo mais curto.

Procurando o Céu

Chegou o momento de penetrá-la, e agora é por conta do seu melhor amigo, que deve estar louco de vontade de participar dessa deliciosa brincadeira. Deite-se de costas para o colchão, ou chão, ou banco… Coloque ela sobre você – se é que ela já não está -, vá colocando seu´pênis lentamente, como nas dicas anteriores. Nada de pressa para colocar tudo, ou forçar a barra para mostrar serviço. As coisas mais caprichadas são muito mais prazeirosas.

Com pelo menos metade do pênis dentro da vagina, comecem com os movimentos de vai e vem, explorando movimentos com sua bacia para os lados (isso excita mais áreas interiores da vagina). Vai e vem, colocando tudo, voltando à metade. Retire totalmente o pênis, depois de alguns minutos, ou sempre que sentir que vai ejacular, mudando de posição, como se fosse um grande conhecedor do assunto. Pegue por trás, pedindo que ela fique de quatro na cama. Dê mais uns beijinhos nela, volte a tocá-la com sua língua no seu clitóris, por que essa posição favorece o sexo oral, além do que você demonstra que quer agradá-la de fato.

O vulcão entra em atividade

Então, por trás dela, comece a cavalgá-la, colocando sua mão por sobre o corpo dela até atingir o clitóris com a ponta dos dedos. Com seu membro dentro dela, essa atividade pode levá-la à loucura. Entregue-se ao prazer, sem maiores cautelas agora, faça o que tem vontade. Se perceber que vai ejacular, cole sua boca perto do ouvido dela e a chame para gozar junto. Isso é extremamente prazeroso, e ela vai acompanhá-lo em seu clímax.

E, depois do sexo…

Mais carinho, dessa vez com base na gratidão, como que um agradecendo ao outro pelo marailhoso momento que viveram juntos. Por falar nisso… fique coladinho ao corpo dela, porque daqui a pouquinho começa tudo de novo. Aí, é só variar aqui e acolá, e quem sabe nessa seção você seja premiado com um delicioso sexo oral. Prazer é isso, dar e receber. E nada melhor do que agradecer, com mais prazer, quem te levou ao paraíso.

Lembrete importante aos homens: sexo é doação! Quando fizer sexo, doe-se totalmente à parceira, doe seu corpo ao prazer.

Dicas sempre atuais: Use sempre camisinha. Existem modelos super fininhos, que visam não tirar o prazer do toque. Respeite-se, respeite-a, respeite a vida.

Texto dirigido a jovens e maduros que querem mais qualidade de vida no sexo, e têm a humildade de sempre querer estar atualizados.

Autores: Tais R. Splendore – especialista em sexologia e comportamento do casal, atua nos EUA e escreve em jornais e blogs.
Aurelio Martuscelli Neto – estudioso em sexologia, consultor em dependência química e blogueiro.

Tudo sobre o namoro: manual para garotas, sexualidade, traição, infidelidade, amor, romance, paixão, dicas, testes, pesquisas, sexualidade, verdades e mentiras, sexo, inveja, vídeos

7 comentários em “Como se dar bem com as mulheres na cama – Dicas de Dom Juan

  • 19 de julho de 2014 em 03:51
    Permalink

    Isso ajuda muito homens q nao tem vergonha d procura esperiencias novas assim posso fazer com q ate um casamento seja satsfatorio p mim e minha parceira..
    Partiw encontra a namorada e começa meu joguinho com alguemas e por o mais novo plano rm pratica..
    Vlw galera..

    Resposta

Deixe sua opinião aqui! Comentários com links não serão aprovados, sorry!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: